quinta-feira, 19 de março de 2009

Copa do Brasil acaba para o América


Cabisbaixo, o torcedor alvirrubro fazia apenas uma indagação ao deixar o estádio Machadão ontem a noite, onde viu o time americano empatar por 0 a 0 contra o Confiança/SE e se despedir de forma prematura da Copa do Brasil: O que mais pode acontecer ao América? O clube que não vence uma partida desde o dia 1º de março, quando bateu o Real Independente na despedida do 1º turno do Campeonato Estadual. A festa foi dos sergipanos que seguem na competição nacional e enfrentam o Icasa/CE, na segunda fase.

Nem o bom desempenho do time natalense durante a primeira etapa foi suficiente para amenizar o gosto amargo na boca do torcedor, que repetiu a cena das últimas partidas se postando em frente ao túnel e protestando contra os atletas, a quem taxavam de mercenários.

Questões emocionais a parte, o maior empecilho para o time natalense deixar o gramado com a classificação foi realmente o goleiro Fábio. Numa noite inspirada, ele simplesmente conseguiu parar o ataque americano, realizando defesas para todos os gostos. A pressão intensa dos americanos iniciou logo no primeiro ataque, mas em dois lances em especial Fábio brilhou com mais intensidade, aos dois quando defendeu uma bola chutada por Cleisson de fora da área e aos 11, quando impediu um gol de placa de Marcelinho — que após receber passe de Bibi arrematou de bicicleta, mas o goleiro operou um milagre.

O Confiança chegou bem menos, mas assustou e pelo menos em dois lances. Na segunda etapa, os sergipanos tiveram uma melhor postura em campo e o América não conseguiu manter o mesmo ritmo. Nem a expulsão de Fabiano, aos 26, fez os visitantes perderem o controle da situação, já que tinham como único propósito, evitar que o América chegasse ao gol e foram felizes. O América entrou em desespero e teve o estreante Rosembrinck expulso no final.

Apesar de lamentar a desclassificação, o técnico Vereador enalteceu o espírito de luta demostrado pelos atletas. “Ninguém está satisfeito com essa situação, mas nós fizemos um excelente primeiro tempo, no segundo cansamos e não deu para repetir a atuação. Mas vamos encarar a realidade e passar a tentar inverter a situação no Estadual. É o que nos resta”, ressaltou.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

Nenhum comentário:

Rádio ao Vivo Clique no PLAY