quinta-feira, 21 de maio de 2015

RN e PB vão restringir uso da água

Com 70% da vazão atual destinada à irrigação, as Secretarias de Estado dos Recursos Hídricos da Paraíba e Rio Grande do Norte deverão limitar, nos próximos 45 dias, o uso da água oriunda da Bacia Hidrográfica do Rio Piranhas-Açu somente ao consumo humano. A medida tem como objetivo ampliar o tempo de vida útil do Açude Coremas, localizado na cidade de mesmo nome, na Paraíba, que ao desembocar no Rio Grande do Norte, contribui para a perenização do Rio Piranhas-Açu que abastece, entre outros municípios, Caicó, Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas e São Fernando, antes de chegar à Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu.
O fim do ciclo chuvoso provocou a escassez de água no reservatório Coremas, que atualmente está com 19% da capacidade total, segundo levantamento da Secretaria de Estado dos Recursos Hídricos da Paraíba. Mesmo assim, a Agência Nacional de Águas (ANA), responsável pela gestão do Rio Piranhas-Açu, determinou a ampliação da vazão do volume de água que desemboca no estado potiguar na tentativa de minimizar os efeitos da seca nas cidades anteriormente citadas. Dos 2.400 litros por segundo, o Rio Grande do Norte passou a receber desde o fim da semana passada, 3 mil litros por segundo do estado vizinho.

Nenhum comentário:

Rádio ao Vivo Clique no PLAY