segunda-feira, 30 de setembro de 2013

BIBLIOTECA “DONA MARIINHA” SE VESTIU DE CULTURA, LEITURA E FLORES PARA CELEBRAR A ESTAÇÃO.

Por Redação, do Nísia Digital. O espaço de leitura da Biblioteca “Dona Mariinha”, localizado na comunidade de Tororomba – Nísia Floresta – foi palco, nesta sexta-feira, dia 27, de um evento para acolher a Primavera Literária promovida pelos envolvidos no projeto. Um trabalho de equipe, que envolveu os voluntários, a coordenação do projeto, professores, crianças e parceiros, gerou imagens de natural beleza e plasticidade. O Nísia Digital acompanhou mais essa ação no espaço.
O ponto forte do evento foi o protagonismo realizado por jovens e crianças nisiaflorestenses, uma vez que todo cenário e apresentações tiveram a participação ativa de todos durante todas as etapas do processo de criação das atividades. No que trata os voluntários, estes foram mediados pela professora Carla, mais nova voluntária do projeto. Já as crianças foram orientadas pela professora Josilene.
Diz a parábola do semeador que quando as sementes caem em terra boa brota, crescem e produzem bons frutos. E é isso que estamos presenciando a cada ação que o projeto da biblioteca vem realizando nesse breve tempo. A prova disso foi demonstrada pelo talento e potencial dos nisiaflorestenses, que deram o tom de encantamento e alegria ao evento através da apresentação de jograis, performance e leituras literárias, tendo como foco a preservação da natureza. Nesse sentido, houve também a doação de plantas pela professora Rejane, a fim de jardinar o entorno em que a Biblioteca está situada. No final, visitante e equipe foram agraciados pelo clima festivo em homenagem à estação mais bela do ano.
Além de visitantes da comunidade, o espaço contou com a presença dos principais parceiros do projeto: Sr José Maria Figueiredo e sua esposa Valéria Aquino, diretores da FM Executivo e Unifacex. No entanto, é importante salientar que o projeto conta, ainda, com o apoio da Esc Informática e Leda Empório. Um destaque especial para o cenário e vestuário que teve a participação dos voluntários, e as roupas dos personagens Emília, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho e Alice foram criada pela costureira Célia, uma entusiasta do projeto. A equipe já está pensando em novas ações de leitura e cultura para o espaço.
Compartilhar:
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial

Redes Sociais

A melhor programação

Seguidores do Google

Arquivo