segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O PMDB INDICA HERMANO MORAIS PARA A PRIMEIRA SECRETARIA.


No início da tarde de hoje, recebi uma ligação telefônica de uma fonte peemedebista, informando que o deputado estadual Hermano Morais será o nome indicado pelo PMDB, para ocupar a primeira secretaria. Um pouco mais tarde, conversando com Nadja Ferreira, informei sobre a notícia que acabava de receber, e a cunhada do deputado disse não ter qualquer definição, até mesmo porque Hermano estava participando de um ato religioso e só no final da tarde, ele (Hermano) participaria de uma reunião com o deputado Henrique Eduardo Alves e outros companheiros do PMDB.

No casamento de Mariana Dantas, filha do deputado estadual Arlindo Dantas, conversando com os deputados Poti Júnior e Ricardo Motta, indaguei se estaria conversando com o presidente e o primeiro secretário, quando o deputado Poti Júnior, afirmou que não será problema se o consenso for em torno do nome do colega Hermano Morais. Confirmado, o deputado Poti Júnior retirou o seu nome da lista, abrindo espaço para Hermano Morais ser o indicado para a primeira secretaria.

FONTE-BLOG DO DALTRO

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

ROBINSON GARANTE QUE EUGÊNIO GONDIM SERÁ PREFEITO DE NÍSIA FLORESTA


O vice-governador Robinson Faria, disse que durante sete campanhas nunca teve o apoio de um prefeito no município de Nísia Floresta. Entusiasmado com as palavras, o gigante da política do Rio Grande do Norte profetizou: “Eugênio será o meu primeiro prefeito em Nísia Floresta”.

Eugênio que foi pego de surpresa, ficou mais vermelho do que camarão na panela.

FONTE-BLOG DO DALTRO EMERENCIANO

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Após visitas ao presídio de Alcaçuz, promotoria pede higienização.

O promotor de Justiça de Nísia Floresta, Rafael Silva Paes Pires Galvão, após visitas ao presídio de Alcaçuz, constatou as péssimas condições de higiene e limpeza do local. "O serviço de limpeza não funciona a contento nos pavilhões e demais recintos em que os presos transitam e são recolhidos, gerando condições de salubridade e higienização inadequadas", afirma Rafael Galvão.

Para tentar solucionar o problema, o Promotor de Justiça expediu uma recomendação ao diretor do presídio e ao Secretário de Justiça e Cidadania. Caso atenda aos pedidos do MP, o secretário de Justiça e Cidadania deve providenciar o envio constante de materiais de limpeza como água sanitária, sabão, desinfetante, vassouras, baldes, etc., para efetivar a limpeza dos setores e celas; e comprovar junto à Promotoria de Justiça de Nísia Floresta a existência de agentes administrativos designados para a limpeza, esclarecendo os nomes e escalas de trabalho.

Além disso, o Secretário deve enviar ao MP a relação dos materiais de limpeza comprados e enviados ao presídio de Alcaçuz nos últimos quatro meses, bem como a projeção dos materiais de limpeza que serão comprados e enviados ao presídio neste primeiro semestre de 2011, informando o quantitativo financeiro destinado.



Itens recomendados

l Envio constante de materiais de limpeza ao presídio

l Comprovação, junto à Promotoria de Justiça de Nísia Floresta, da existência de agentes administrativos designados para a limpeza, esclarecendo os nomes e escalas de trabalho

l Emprego de detentos no serviço de limpeza, caso não haja pessoal suficiente

l Envio ao MP da relação dos materiais de limpeza comprados e enviados nos últimos quatro meses, bem como a projeção dos materiais de limpeza que serão comprados e enviados ao presídio neste primeiro semestre de 2011.


Por Redação, do Diário de Natal

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Motoristas param e pedem segurança


A bandeira preta na entrada do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN) indicava o luto pela perda do motorista José Ferreira de Morais, de 47 anos – assassinado durante um assalto enquanto trabalhava na noite do último sábado. As filas de ônibus vistas nas avenidas Rio Branco, Bernardo Vieira e Ulisses Caldas simbolizavam o protesto da classe em busca de mais segurança no transporte público da grande Natal.

Todas as linhas de ônibus municipais – e intermunicipais que passavam por Natal – paralisaram os serviços por duas horas na manhã de ontem. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), Nastagnan Batista, está crescendo muito o número de assaltos a ônibus na Região Metropolitana de Natal. “A quantidade considerada “normal” seria de 5 casos de assaltos por mês a linhas de ônibus – em dezembro foram trinta”, denuncia, sem citar a fonte da estatística. “A categoria está em pânico”, desabafa.

Os motoristas aderiram em peso ao protesto. Um deles era Erinaldo Martins, da empresa Guanabara – a mesma que José Ferreira trabalhava. “Já sofri dois assaltos enquanto trabalhava no ano passado, um na linha 72 e o outro na linha 1117. Nós recebemos a recomendação de não reagir, mas isso não adiante de muita coisa. O protesto é válido se ele conseguir trazer mais segurança para o nosso local de trabalho”.

Para tentar montar uma estratégia de combater a violência contra motoristas, cobradores e passageiros do serviço de transporte urbano da Grande Natal, representantes do Sintro e da Polícia Militar se reúnem mensalmente. “Mas não está resolvendo o problema. Precisamos de uma delegacia especializada”, sugere o Nastagnan Batista.

Procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE, o coronel Alarico Azevedo, comandante do policiamento metropolitano negou que o número de ocorrências esteja em uma crescente, como afirmou Nastagnan, e classificou o episódio da morte do motorista como um evento isolado. “Temos registrado no Ciosp [Centro Integrado de Operações de Segurança Pública] cinco ocorrências no mês de dezembro, diferente do repassado pelo sindicato”

Os dois homens e dois adolescentes que assaltaram um ônibus da linha 13-B, da empresa Guanabara, por volta das 16h30 de sábado (8) e mataram o motorista José Ferreira, de 46 anos, foram detidos na mesma noite do crime, por volta das 18h, pela Polícia Militar.

acusados

Os assaltantes foram presos em lugares diferentes. Os homens são Edglayson Silva de França Bezerra, 21 anos, acusado de atirar no motorista, e Gilvanderson Gomes de Lima, o “Donato”, que com apenas 20 anos já é acusado de oito mortes. Ambos foram levados para o Centro de Detenção Provisória, onde serão encaminhados para um presídio. Os dois adolescentes foram encaminhados para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente (CIAD).

A paralisação pegou muitos usuários do transporte coletivo de surpresa. Os passageiros se viram obrigados a descer sem ser reembolsados pela passagem paga.

O auxiliar de serviços gerais, Francisco Lucrécio perdeu a paciência com o que viu: “Eu pedi licença do trabalho para resolver um assunto. Agora eu não sei o que faço porque eles não devolveram meu dinheiro e não conseguirei outra licença do trabalho”, prostetou Francisco, que estava na linha 22. A PM confirmou que um ônibus da linha 56 teve a janela quebrada em protestos devido a paralisação.

Alguns usuários reconheciam a importância do protesto. “Toda semana tem assalto a ônibus. Dessa vez quem morreu foi o motorista, mas poderia ter sido a gente. Muito bom que eles estão pedindo por segurança, isso nos beneficia”, afirmou a aposentada Crineuza Siqueira, de 64 anos.
FONTE-TRIBUNA DO NORTE

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

CAERN CONCLUI ATUALIZAÇÃO CADASTRAL EM 17 MUNICÍPIOS.

A Companhia da Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), concluirá, até o próximo dia 10, o trabalho de atualização cadastral dos consumidores em Santo Antônio e Nova Cruz. Os dados obtidos na atualização cadastral vão gerar um relatório com o perfil de cada usuário, suas necessidades e o que a empresa pode oferecer para melhorar ainda mais os serviços. Além dos dois municípios, já foram cadastrados os imóveis de Monte Alegre, São José de Mipibu, Pipa, Tibau do Sul, Nísia Floresta, Goianinha, Canguaretama, Parelhas, Acari, Tangará, Messias Targino e Parnamirim (nos bairros Emaús, Rosa dos Ventos, Alcaçuz) Pirangi, Cotovelo e Pium.
Através da atualização cadastral é possível identificar, por exemplo, onde não há hidrômetros medidores de água, que controlam a distribuição do produto, evitando o desperdício e conseqüentes problemas de abastecimento. O hidrômetro torna a cobrança justa porque cada usuário paga pelo volume consumido.
Durante a atualização cadastral, os clientes fornecem dados pessoais como RG, CPF, número do hidrômetro, categoria do imóvel (tamanho) entre outras informações. Caso encontre alguma irregularidade, os consumidores são orientados a manter contato com escritório da empresa para negociar as dívidas com descontos e parcelamentos.
O trabalho de atualização cadastral é realizado pela Caern através da empresa Enops, que visita os imóveis e registra os dados pessoais do consumidor. A Caern recomenda aos consumidores que recebam, sem receio, os funcionários que estão devidamente identificados e transmitam as informações corretamente, uma vez que os dados servirão de base também para serviços de melhorias executados pela empresa.

Por Redação, do Diário de Natal

NÍSIA FLORESTA FARÁ PARTE DAS PRIMEIRAS CIDADES A RECEBEREM O NOVO DOCUMENTO DE IDENTIDADE, RIC.


Foi lançado dia 30 de Dezembro em Brasília, o mais novo documento de identidade dos brasileiros. O Registro de Identidade Civil (RIC) tem um chip, onde estarão armazenadas as impressões digitais do titular e informações como sexo, nacionalidade, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, órgão emissor, local de expedição, data de expedição, data de validade do cartão e dados referentes a outros documentos, como título de eleitor e CPF.

Com o RIC cada cidadão passa a ter um número único baseado em suas impressões digitais do Cadastro Nacional de Registro de Identificação Civil, que estará integrado com as bases de dados dos órgãos de identificação dos estados e do Distrito Federal. Vale lembrar que os documentos atuais continuam a valer em todo território nacional.

Nísia Floresta está entre as primeiras cidades a participarem do projeto piloto serão Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Hidrolândia (Goiás), Ilha de Itamaracá (Pernambuco) e Rio Sono (Tocantins).


Por Agripino Marques Jr., do Nísia Digital

Rádio ao Vivo Clique no PLAY