segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Município com Selo Unicef tem crianças trabalhando em abatedouro

Itaú, um dos municípios do Rio Grande do Norte premiado com Selo Unicef, apresenta uma realidade que contrasta com as exigências da entidade. Pelo menos três crianças vêm trabalhando no matadouro público da cidade do médio Oeste.

O flagrante foi feito pela equipe de reportagem do Jornal O Vale do Apodi, que presenciou os menores de idade mantendo contato direto com as fezes dos animais ao trabalhar no corte de vísceras de um porco que estava sendo abatido para comércio na feira da cidade.

O matadouro de Itaú está localizado às margens da BR-405, mas precisamente na entrada da cidade. O estabelecimento vem funcionando sem as mínimas condições de higiene e sem a fiscalização dos órgãos competente que atuam no campo da saúde.



Apesar de o problema ser do conhecimento da população itauense, tanto o Conselho Tutelar quanto a Prefeitura e a Câmara Municipal de Itaú não demonstram preocupação com o grave problema, que tem levado crianças e adolescentes a trabalhar no matadouro.

Além disso, eles não utilizam equipamentos de proteção à saúde ao atuar no corte de vísceras, na limpeza e no abate dos animais. As crianças flagradas pela reportagem estavam descalças, em contato direto com o sangue suíno no chão.

Além de serem expostos a todo tipo de doença, elas ainda assistem às mortes brutais dos bois, porcos e bodes. Os animais são abatidos a marretadas na cabeça. A reportagem do Vale do Apodi tentou um contato com o prefeito da cidade, agropecuarista, Edson Melo (DEM), para comentar sobre a utilização de trabalho infantil, mas o chefe do executivo estava em viagem administrativa a Natal.



A reportagem apurou que as crianças trabalham no matadouro de Itaú em troca de sobras de animais para suprir a alimentação da família. Os dejetos do abatedouro de Itaú por falta de fossas terminam descendo em um riacho e desaguando no Rio Apodi, caindo na bacia hídrica da Barragem de Santa Cruz, principal ponto turístico e o segundo maior reservatório do Rio Grande do Norte.

O chefe de Gabinete Civil da Prefeitura de Itaú, Wilson Melo, informou que o prefeito Edson Melo está tomando providências para colocar em funcionamento um novo abatedouro publico que foi construído pelo município. “O prefeito está fazendo a aquisição dos equipamentos que estão orçados em R$ 160 mil e logo estará funcionando, atendendo todas as exigências de higiene do Ministério da Saúde”, garantiu Wilson Melo.

Sobre a presença de crianças e mulheres no atual abatedouro de Itaú, Wilson Melo disse que vai apurar as denuncias e tomar as providencia necessárias para resolver o problema.

FONTE-NOMINUTO.COM

Nenhum comentário:

Rádio ao Vivo Clique no PLAY