quarta-feira, 5 de outubro de 2011

TURISTAS RECLAMAM DA SITUAÇÃO DAS ESTRADAS QUE LIGAM NÍSIA FLORESTA ÀS PRAIAS.


O Dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu foi comemorado no final de semana passado e as praias de Nísia Floresta ficaram bastante movimentadas com a presença de muitos turistas, que aproveitaram os dias de folga para desfrutar as belezas naturais da cidade.

Teria tudo para ser um feriado perfeito não fosse pela situação em que se encontram as estradas que ligam o centro da cidade às praias. Os buracos têm início na saída do centro da cidade e se estendem por todas as outras comunidades até as praias.

Espalhados por todas as partes, os temidos buracos obrigam os motoristas a terem que fazer uma espécie da rally, muitas vezes tendo que seguir a via contrária para não serem pegos pelas crateras, o que demanda atenção redobrada dos cidadãos que trafegam pelo trecho onde já ocorreram vários acidentes.

O trajeto em direção às praias se tornou desagradável principalmente para aqueles que haviam visitado as praias da Terra do Camarão. O tempo gasto do município até as praias é quase o dobro do que seria em condições normais, ou seja, com as estradas em condições de uso.

O Nísia Digital ouviu alguns turistas na praia de Camurupim e todos reclamaram muito, o que leva a crer que o problema poderá afastá-los da cidade que tem no turismo sua principal fonte de arrecadação de recursos.

No início do ano, a Prefeitura Municipal realizou uma pequena operação tapa buracos, mas os remendos não suportaram as chuvas do inverno e a situação lastimável se instaurou novamente. Sabemos que a responsabilidade não é apenas da Prefeitura Municipal, já que são vias estaduais, mas o que podemos cobrar é maior empenho por parte de nossos governantes municipais para que, juntos ao Governo do Estado, possam solucionar esse problema o mais breve possível.

Por Nísia Digital.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Redes Sociais

A melhor programação

Seguidores do Google

Arquivo