segunda-feira, 30 de abril de 2012

MISSA DE DESPEDIDA DO PADRE JOSÉ LENILSON.

Fotos-Agripino Júnior (NISIA DIGITAL)
Compartilhar:

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Financeiras vão aderir aos cortes de juros

Depois dos grandes bancos, agora é a vez de as financeiras cortarem as taxas de juros para não perder clientes. 'Todas vão reduzir as taxas no limite do possível. No decorrer do mês que vem, vamos ter boas novidades', avisou Érico Ferreira, presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), que reúne 64 financeiras.

Desde que o governo sacudiu o mercado de crédito duas semanas atrás e usou os bancos oficiais para forçar a redução dos juros, a competição se acirrou até entre a Caixa e o Banco do Brasil (BB). Quem saiu ganhando foi o consumidor, como o funcionário público João Paulo da Silva Barreto, de 30 anos.

Funcionário do Judiciário, ele acaba de fazer uma operação de portabilidade: levou um crédito consignado obtido no BB para a Caixa. 'Valeu mudar porque a taxa de juros da Caixa é menor', disse Barreto, que não fechou a conta salário no BB. A taxa de juros mensal cobrada pela Caixa é de 1,2% e, no BB, de 1,37%. Isso dá uma redução de R$ 14 na prestação atual de R$ 1.430, de um empréstimo de R$ 45 mil, financiado em 40 meses.

Além das condições mais vantajosas de empréstimo, Barreto disse que optou pela migração porque pretende obter um outro financiamento para compra de imóvel. Por isso, ele acha interessante ter conta na Caixa.

Guerra. O vice-presidente de Atendimento e Negócios da Caixa, José Henrique Marques da Cruz, descreveu a 'operação de guerra' que foi montada pelo banco para atender ao aumento significativo no número de clientes ocorrido em duas semanas. A partir de segunda-feira, todas as agências vão abrir uma hora mais cedo. 'Deslocamos até funcionários de áreas 'meio' para o atendimento', contou.

No dia 12 de maio, um sábado, as principais agência vão funcionar só para atender o público e fazer simulações sobre as novas condições dos empréstimos.

O executivo ilustra com números o crescimento da procura por informações sobre crédito. Desde o dia 9 de abril até ontem, o site da Caixa recebeu 1,035 milhão de visitas e realizou 421 mil simulações de crédito. O telemarketing, com 350 funcionários, montado exclusivamente para informar sobre o novo pacote de crédito, recebeu 40.730 ligações.

Além da maior procura, há números vigorosos de aumento nos empréstimos. Em duas semanas, foram fechados na Caixa 26,7 mil financiamentos de capital de giro para empresas, com alta de 276% sobre o período imediatamente anterior. Para o consumidor, o banco aprovou no período 84,7 mil novos créditos, volume 20% maior do que o de duas semanas atrás.

Cruz disse que dinheiro não falta para bancar a ofensiva no crédito. 'O banco tem R$ 78 bilhões para o programa e há margem para ampliar a cifra.' Quanto ao risco, ele disse que o seu é mais baixo do que o do mercado.

* Fonte: Estadão.
Compartilhar:

sábado, 14 de abril de 2012

Polícia frustra tentativas de assalto no interior e entra em confronto com bandidos

Uma quadrilha apontada pela polícia como especializada em arrombar caixas eletrônicos usando massaricos foi parcialmente "desmontada" na madrugada deste sábado, no Rio Grande do Norte, após tentativas frustradas de assaltar um supermercado no município de Coronel Ezequiel e um banco em Santa Cruz - ambos a mais de 100Km de Natal. Durante confronto com policiais, um dos bandidos foi morto, dois foram presos e outros dois fugiram.

De acordo com informações colhidas em Santa Cruz, última parada dos assaltantes, o bando - formado por cinco homens, divididos em dois carros - partiu de Natal com destino ao interior com planos de realizar os assaltos. Uma denúncia anônima sobre a pretensão dos bandidos deixou, entretanto, a polícia em alerta e monitorando os passos.

Em Coronel Ezequiel, os assaltantes teriam encontrado o comércio fechado. Eles desistiram da investida contra o estabelecimento e seguiram para Santa Cruz onde o alvo seria um banco, não identificado pela polícia. Ao chegar ao bairro Paraíso, já em Santa Cruz, o bando percebeu que estava sendo seguido pela polícia e invadiu uma residência.

Quatro adultos e uma criança que estavam no local foram feitos reféns. O clima ficou tenso. Durante a negociação para a libertação dos moradores uma troca de tiros entre os assaltantes e a polícia foi iniciada. Um dos assaltantes, conhecido como Raphael Pepo, acabou alvejado e morreu no local. Ele é apontado como um dos maiores assaltantes de bancos no estado.

A polícia prendeu outros dois integrantes do grupo, um deles sob suspeita de atuar como informante da quadrilha. Outros dois estão foragidos.

Com os bandidos, foram apreendidos duas armas, seis celulares, além de massarico, alicate de corte, macaco hidráulico, chaves de fenda e capuzes - instrumentos geralmente usados em arrombamentos. O grupo, disse a polícia, atuava no Rio Grande do Norte e no interior da Paraíba.

O delegado Normando Feitosa, adjunto da Deicor (Delegacia Especializada em Investigação Contra o Crime Organizado) está à frente do caso. As diligências em busca dos foragidos continuam com o apoio da Polícia Militar de Santa Cruz.

Os dois presos deverão ser encaminhados para o presídio de Alcaçuz ou o Presídio Estadual de Parnamirim, por já terem passagem pela polícia (por assalto a banco). O corpo de Raphael Pepo, por sua vez, já foi recolhido pelo Itep e encaminhado para Natal. Toda a ação do grupo foi reagistrada entre as 3h e 4h de hoje. Nenhum policial ou popular, incluindo os reféns, foram feridos.
Compartilhar:
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial

Redes Sociais

A melhor programação

Seguidores do Google

Arquivo