quinta-feira, 26 de março de 2009

América decepciona no Machadão


A receita do desastre se repetiu, o América voltou a atuar mal dentro do Machadão, foi derrotado pelo ASSU por 2 a 1 e ficou numa situação bastante delicada em termos de classificação para final no segundo turno. A torcida alvirrubra viveu momentos de agonia na partida que registrou um número recorde de expulsões no campeonato: cinco (Lúcio, Dude e Adalberto pelo time natalense, além de Pedro e Alyson da equipe visitante). Os gols da vitória assuense foram marcados por Alyson e Marcelo, enquanto Helinho descontou para os americanos.

Com o novo tropeço o América só poderá chegar a 20 pontos no hexagonal, meta considerada limite pelo matemático Fellipe Arrais para um clube sonhar com a vaga na final. Já o ASSU aumentou a possibilidade de brigar por um “lugar ao sol”, mas para tanto terá de melhorar muito o rendimento na fase de volta, que será iniciada sábado para ele diante do ABC, no Frasqueirão. A equipe americana enfrenta o Potyguar, em Currais Novos.

Insistindo com a formação que deu os melhores resultados sob seu comando, Vereador viu um América apático na etapa inicial, tanto, que o goleiro adversário foi um mero espectador em campo. Enquanto o ASSU obrigou Rodolpho a realizar pelo menos duas boas intervenções e ainda acertou uma bola no travessão. A situação piorou depois das expulsões de Lúcio e Pedro, aos 28 minutos.

Na etapa final, com Helinho em campo, o América conseguiu criar algumas situações de perigo explorando os espaços pelas pontas. Exposto, o time sofreu alguns contra-ataques. No primeiro deles Adalberto cometeu falta feia em Somália e acabou recebendo o cartão vermelho. No segundo aconteceu o pior, Dude além de cometer pênalti aos 15 minutos, ainda recebeu o cartão vermelho. Alyson cobrou bem e fez 1 a 0.

A situação ficou crítica, a partida se transformou num duelo de ataque contra defesa e não demorou para o Camaleão ampliar o placar, com Marcelo chutando forte da entrada da área, aos 33. Dois minutos após Helinho diminuiu a diferença e o Alvirrubro poderia ter alcançado o empate, caso Teles não desperdiçasse um pênalti do goleiro André no atacante Bibi, aos 41, quando o Cameleão já tinha perdido Alyson, também expulso. Depois bateu o desespero e nada mais deu certo e haja protesto!
FONTE - www.tribunadonorte.com.br
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

Ana Flavia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Flavia disse...

' Como era de se esperar, o américa humilhou novamente a capital '

Redes Sociais

A melhor programação

Seguidores do Google

Arquivo