sexta-feira, 27 de maio de 2011

Dengue: 77 municípios do RN estão com incidência alta da doença


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou nesta sexta-feira (27), através do Programa Estadual de Controle da Dengue, o mais recente boletim epidemiológico com dados da doença.

Desde o início do ano até o dia 14 de maio, foram notificados 13.265 casos de dengue, dos quais 3.686 confirmados. Existem, até o momento, quatro óbitos confirmados.

Em todo o Rio Grande do Norte, 77 municípios estão com incidência alta da doença. O município de Natal registrou o maior número de notificações (3.606), seguido de Mossoró (1.599), Parnamirim (1.028), Santa Cruz (535) e João Câmara (529).

Nesta sexta-feira (27), será realizada uma reunião entre o Coordenador do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Gionanini Coelho, o Secretário Estadual de Saúde, Domício Arruda, a Secretária Adjunta, Ana Tania Sampaio, a Secretária Municipal de Saúde, Maria Perpétuo Nogueira e representantes do Programa Estadual de Controle da Dengue da Sesap.

A reunião, que ocorrerá às 11h, no Gabinete do Secretário, na Sesap, tem como objetivo definir encaminhamentos conjuntos para minimizar a situação da dengue no Estado e, principalmente, em Natal, que registra o maior número de notificações da doença no RN.

FONTE-TRIBUNA DO NORTE

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Trânsito em Natal fica mais complicado com greve de ônibus


A greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Natal complicou ainda mais o trânsito na cidade na manhã desta segunda-feira (23). Sem o principal transporte público, os natalenses decidiram ir ao trabalho, aula ou comércio de carro.

Há pontos de congestionamento em toda a cidade. Os maiores são na avenida Engenheiro Roberto Freire, na Hermes da Fonseca/Senador Salgado Filho, na Prudente de Morais e na ponte de Igapó.

Outro favor que piorou o quadro foi a chuva que caiu no início da manhã, deixando as pistas molhadas.

FONTE-TRIBUNA DO NORTE

segunda-feira, 16 de maio de 2011

POLÍCIA DE NÍSIA FLORESTA EM AÇÃO!


Polícia Civil em Greve!

Polícia Militar em Ação.


A Polícia Militar de Nísia Floresta, no período de janeiro de 2009 a abril de 2011 realizou 118 flagrantes, fonte do livro de tombo da DPC- Nísia Floresta, dentre estes flagrantes destacam-se as prisões pela prática de entorpecentes nesta cidade.

Na tarde do dia 11 de maio do corrente ano, os policiais da Polícia Militar, lotados na 3ª Cia pertencente ao 3º BPM, com sede na cidade de Nísia Floresta, tiraram de circulação mais um ponto de venda de CRACK, desta feita mãe filho vendiam a droga na praia de búzios.

A equipe de investigação Comandada pelo Ten. Roure e o Sgt J. Silva (PM) tomou conhecimento através de denúncia anônima dos moradores da favela de búzios, informando que havia três pessoas vendendo droga no local.

Por cinco dias os policiais realizaram campana e observaram o movimento de cima das dunas e identificaram duas mulheres e um rapaz que sempre despachavam a droga aos usuários e na tarde de ontem resolveram agir pegando em flagrante a Pessoa de Josefa Alves de Morais e Alan Moraes Silva mãe e filho, todos maiores de idade.



Parte da Droga estava entre os seios de Josefa Alves e outra quantidade foi encontrada no barraco de Alan Moraes.

A Pessoa de Micheline Maria da Silva Gabriel, ao perceber a presença da polícia saiu correndo e não foi possível capturá-la, porém, ao revistar o barraco da mesma foi encontrado mais um pacote dentro de uma bolsa preta que estava no guarda – roupa, com 33 pedras de Crack embaladas uma a uma pronta para venda.

Foi apreendido um total de 115 pedras de crack todas embaladas uma a uma já prontas para serem comercializadas pelos traficantes.

Com grande dificuldade devido a greve dos policiais civis ambos os acusados foram conduzidos a Delegacia de Plantão onde foram lavrados os devidos flagrantes pela venda de entorpecentes e permanecem a disposição da Polícia Civil.

sábado, 14 de maio de 2011

ANP registra queda de preços nos litros de etanol e gasolina


Rio (AE) - Os preços médios do etanol e da gasolina comum caíram na segunda semana de maio, conforme um levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo. O estudo mostra que o preço do etanol ficou em R$ 2,224 por litro, o que representa uma queda de 3,5% frente os primeiros sete dias do mês. No mesmo período, a gasolina “C”, que contém 25% de etanol anidro, fechou em R$ 2,898 por litro, com uma redução de 0,55%.

O levantamento mostra que o destaque no Nordeste ficou com o Rio Grande do Norte, com redução de 1% no etanol e de 0,77% na gasolina.

Segundo a ANP, Brasília apurou quedas “bastante expressivas” no preço dos combustíveis ao consumidor. O preço médio do etanol na cidade caiu 13,1% e o da gasolina 1,92%. Na cidade de São Paulo, a queda dos preços médios do etanol foi de 5,58% e da gasolina 0,53% na comparação com a primeira semana de maio.

Em nota, a agência informa que a tendência para as próximas semanas é de queda nos preços da gasolina e do etanol hidratado, considerando o início da safra de cana de açúcar e a diminuição do volume de estoque antigo adquirido a preços mais elevados.

FONTE-TN

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Piloto da FAB morre em acidente aéreo em Ceará-Mirim

Um avião tipo Tucano, da Força Aérea Brasileira, caiu na comunidade rural de Manibu, entre as cidades de Ceará-Mirim e Pureza. A região onde o avião caiu está a aproximadamente 50km de Natal. O acidente ocorreu pouco antes das 8h desta quinta-feira (12) e foi confirmado pelo coronel PM Moreira, comandante do patrulhamento no município de Ceará-Mirim.

Informações extra-oficiais dão conta que o piloto da aeronave, o cadete Seixas, morreu no local. O oficial se formou no ano passado e esse seria seu segundo voo solo. O Corpo de Bombeiros encaminhou viaturas para o lugar do acidente.

Mais informações em instantes

FONTE-TRIBUNA DO NORTE

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Polícia Civil anuncia paralisação

A administração pública estadual caminha para o colapso em relação a prestação de serviços essenciais à população do Rio Grande do Norte, caso o governo Rosalba Ciarlini não chegue a um acordo com algumas categorias de áreas importantes, como educação e segurança, que reivindicam melhorias na carreira profissional. Os professores estão em greve desde segunda-feira (02) e ontem, os policiais civis votaram por paralisações de advertência na próxima semana.

Diante da insatisfação com o governo estadual relacionado, por exemplo, a não implementação do piso salarial nacional da categoria, os professores mantém a greve por tempo de indeterminado. A pauta de reivindicação apresentada ao governo trata dos dois planos de carreira - o dos funcionários e dos professores -, enquanto o governo já emitiu nota em resposta que não tocou no principal ponto da pauta, segundo a categoria: a revisão do Plano de Carreira do Magistério e a tabela salarial.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte-RN) continua, hoje, com o mapeamento do movimento no interior e na capital. Já a partir das 9 horas da próxima segunda-feira, dia 9, ocorrerá uma plenária de organização greve.

Segundo o Sinte, na Regional de Caicó, das 14 escolas de Ensino Fundamental existentes, 13 aderiram à greve. Com isso, 90% dos trabalhadores estão paralisados. Na regional de Ceará Mirim não houve paralisação no Ensino Fundamental, mas de forma geral 90% de escolas também estão em greve. As regionais de Touros e de São Tomé também seguem fazendo o trabalho de paralisação. A expectativa da coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso é de que até hoje a paralisação atinja 90% da rede estadual de ensino. Em Mossoró, informa o Sinte, o índice de adesão à greve é de mais 90%. A coordenador jurídica do Sinte, Vera Messias, disse ontem que se tentou uma audiência ontem com o governo, “mas só ficou na conversa”.

A secretária Estadual de Educação, Betânia Ramalho - quando questionada sobre um possível pedido de ilegalidade da greve - disse que essa era uma decisão da área jurídica do Estado e que não há conversas que apontem para um possível corte de ponto dos professores e servidores que estejam fazendo greve.

Policiais querem implantação de Plano de Cargos e Carreira

Os agentes da Polícia Civil do Rio Grande do Norte decidiram, em assembléia realizada ontem à tarde, realizar uma paralisação de advertência nos próximos dias e 12, a fim de pressionar o governo estadual a implementar o plano de carreira previsto pela lei 417/2010.

O primeiro vice-presidente do Sindicado dos Agentes da Policia Civil (Sinpol), Djair Oliveira, disse que a categoria volta a trabalhar normalmente no dia 13, mas permanece em assembléia permanente, já que votaram pela deflagração de uma greve por tempo indeterminado a partir do dia 17, “caso o governo não atenda as nossas reivindicações”. Djair Oliveira disse que o comparecimento dos agentes à assembléia de ontem, na sede do Sinpol, foi bastante concorrida.

A decisão dos policiais decorre em função do Governo do Estado, segundo o Sinpol, não ter feito a implantação do enquadramento nos níveis para as carreiras de Agentes e Escrivães da Polícia Civil, que deveria ter sido implantada em abril deste ano, e que vem gerando prejuízo financeiro ao conjunto desses servidores.

O Sinpol ainda alertou que o enquadramento dos agentes e escrivães da Polícia Civil também permitiria a categoria receber os vencimentos já com a nova tabela salarial, que passará a vigorar em Maio/2011.

Além disso, o Sinpol colocou na pauta de reivindicações, algumas exigências históricas, como: retirada total dos presos das delegacias de Natal e do interior, a substituição das “quentinhas” pelo vale-refeição, coisa que já foi implementada na PM. Também reivindicam serviço de limpeza para as delegacias, regulamentação do livre acesso dos policiais aos locais sujeitos à fiscalização da Polícia e nomeação dos concursados de 2009.

Auditores cobram ao governo pendências salariais

O Sindicato dos Auditores Fiscais do Rio Grande do Norte (Sindfern) também cobra do governo algumas “pendências”, diz a sua presidente, Marleide Macedo, que chegou a ter uma audiência com o chefe do Gabinete Civil do governo, Paulo de Tarso Fernandes. Ela informou que o Sindfern ficou de prestar informações a Paulo de Tarso Fernandes sobre a promoção que foi publicada no dia 26 de janeiro de 2010 e que até hoje “não teve implantada a sua parte financeira”, beneficiando 222 auditores fiscais que tinha ficado de fora de promoções anteriores.

“A coisa vinha se arrastando, não se fez a implantação financeira administrativamente e já estamos na fase de execução judicial”, disse a presidente do Sindfern, que tenta, mais uma vez, uma saída administrativa para o caso, de forma que os auditores fiscais não passem a depender de precatórios para começar a receber os ganhos financeiros provenientes da promoção.

Marleide Machado disse que a categoria não votou nenhum indicativo de greve na assembléia realizada em 28 de abril, mas afirmou que “se o governo não der nenhuma resposta positiva”, existe a possibilidade da categoria antecipar uma assembléia para antes do dia 16 de junho, quando o Sindfern faz uma assembleia ordinária. Nos próximos dias 12 ou 13 de maio, o Sinfern volta a se reunir com secretário Paulo de Tarso Fernandes.
FONTE-TRIBUNA DO NORTE

segunda-feira, 2 de maio de 2011

EUA anunciam a morte do terrorista Osama bin Laden no Paquistão

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou em pronunciamento na TV na madrugada desta segunda-feira (2) a morte de Osama bin Laden, líder da rede terrorista da al-Qaeda, responsável pelos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 nos EUA, que mataram cerca de 3.000 pessoas.

De acordo com Obama, a morte foi consequência de uma ação de inteligência do Exército norte-americano em parceria com o governo do Paquistão, que localizou o terrorista -que tinha entre 53 e 54 anos- durante a semana passada.



Neste domingo (1º), um pequeno grupo de soldados americanos conseguiu matar Bin Laden em uma fortaleza na cidade de Abbotabad, próximo a Islamabad, capital do Paquistão. A operação foi feita exclusivamente pelas forças americanas, segundo a chancelaria paquistantesa.

Houve troca de tiros, mas, segundo Obama, nenhum militar americano ficou ferido na operação e cuidados foram tomados para que nenhum civil fosse ferido.

Quatro helicópteros teriam sido usados na operação. A mansão fortificada ficou em chamas após o atentado.

'Justiça'
"Foi feita justiça", disse Obama. "Nesta noite, tenho condições de dizer aos americanos e ao mundo que os Estados Unidos conduziram uma operação que matou Osama Bin Laden, o líder da al -Qaeda e terrorista responsável pelo assassinato de milhares de homens, mulheres e crianças."



Segundo o presidente, o corpo do terrorista está em poder das autoridades dos EUA.

Fontes do governo disseram à agência Reuters que o cadáver seria tratado de acordo com as tradições islâmicas. A imprensa americana afirmou que o corpo já teria sido sepultado, no mar, conforme o costume.

Funcionários do governo e um congressista disseram que Bin Laden morreu com um tiro na cabeça, mas não havia informação oficial sobre isso.

Uma autoridade disse à agência Reuters, sob anonimato, que testes de DNA e técnicas de reconhecimento facial seriam usados para ratificar a identificação do corpo.

A mesma autoridade disse que a ação foi acompanhada em tempo real por Leon Panetta, diretor da CIA, e por outras autoridades da inteligência americana, na sede da CIA, na cidade de Langley, no estado americano da Virgínia. A confirmação da morte foi recebida com aplausos prolongados, segundo a fonte.

TVs locais paquistanesas mostraram o que seriam imagens do cadáver desfigurado de Bin Laden, mas não havia confirmação oficial da veracidade.

Mais quatro mortes
Funcionários do governo americano também afirmaram que outros três homens e uma mulher teriam morrido no ataque, que teve a duração de 40 minutos.

Um dos homens seria um dos filhos do terrorista. Outros dois trabalhavam como mensageiros para Osama. Já a mulher teria sido morta ao ser usada como escudo humano por uma das vítimas. Ainda não havia confirmação oficial destas informações.

Enquanto Obama fazia seu pronunciamento, dezenas de norte-americanos já cercaram a Casa Branca comemorando a morte do terrorista. Também houve comemoração no Marco Zero, local dos atentados em Nova York, e em outros pontos do país.
FONTE-G1

Rádio ao Vivo Clique no PLAY