terça-feira, 30 de junho de 2009

Criança e jovem são vítimas de violência sexual em Nísia Floresta.

No fim de semana que passou, dois assuntos ganharam repercussão na cidade de Nisia Floresta, distante 35 quilômetros de Natal e ambos estão relacionados a crianças e adolescentes.

Um garoto de cinco anos de idade foi vítima de atentado violento ao pudor praticado por três primos seus. Segundo Lilian Soares dos Santos, que é conselheira tutelar na cidade, o fato aconteceu no sábado à noite no distrito de Campo de Santana.

Ela contou que os pais do garoto saíram de casa e o filho ficou brincando com os primos de 11, 14 e 15 anos em frente à sua casa. “Isso era por volta das 21h30 e quando os pais saíram os meninos chamaram o garoto para o quintal da casa”, disse.

Lá, de acordo com a conselheira, foi onde os três primos praticaram o atentado com o menino de cinco anos. “Um segurava o garoto, outro tapava a boca do primo e o último praticava o ato. Isso eles (três primos) ficaram se alternando”, declarou.

Lilian lembra que o fato só foi descoberto pela mãe do garoto depois que ela chegou em casa. “Ela estranhou o filho estar muito quieto e com as roupas dobradas. Foi aí que ele contou à mãe o que aconteceu”, afirmou.

A conselheira informou que “não se chegou a concretizar o ato, mas a mãe do menino o encontrou um pouco machucado”. O caso foi levado ao Conselho Tutelar da cidade, mas por serem menores, os três garotos não podem ser detidos.

O outro caso aconteceu na comunidade de Tororomba. Segundo informações da polícia, um adolescente de 17 anos teria praticado ato sexual com uma jovem de 21 anos, que é portadora de deficiência física e mental. Contudo, não há confirmação que o ato foi concretizado e os familiares preferem aguardar o resultado dos exames feitos no Itep.

A reportagem conversou com Manoel Edilson Oliveira, 26, que é cunhado da jovem. Ele contou que no sábado à noite saiu com sua mulher e o filho para uma festa junina próxima à casa deles. “Como aqui são quatro casas e todas da mesma família não vimos problema dela ficar em casa”, disse.

Quando foi no começo da madrugada de domingo, ele lembra que o filho insistiu querendo ir para casa. Ao chegar em casa, ele encontrou a cunhada assustada ao ver a jovem de 21 anos despida no quarto. “Ele me disse que viu o rapaz pulando a porta dos fundos. Como estava muito escuro, eu peguei uma faca e fui pelo lado contrário da casa. Lá, eu consegui pegá-lo. Ele estava fingindo passar mal”, contou.

Com o garoto de 17 anos detido, ele pediu para outras pessoas chamarem a polícia e os pais do adolescente, que completa 18 anos daqui a quatro meses. “A gente não quis nada de violência contra ele porque queremos resolver tudo da forma correta”, declarou. O cunhado comentou que o garoto “aparentava estar muito dopado”. “Teve uma hora que ele dormiu sentado no sofá”, lembra. A garota foi levada no domingo ao Itep onde foi submetida a exames.

Manoel Edilson declarou que “os pais do rapaz estão muito envergonhados com toda a situação”. Questionado acerca do sentimento da família, ele disse que “ainda é cedo para falar qualquer coisa e a gente prefere esperar os documentos do Itep”.

Já o agricultor Luis Salustino Filho, pai da garota, não se mostra conformado. “Ainda bem que eu não estava aqui porque com a cabeça quente poderia ter feito uma besteira”. O caso foi registrado na delegacia da cidade, mas por se tratar de adolescente o conselho tutelar está à frente do caso.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Governo prorroga redução de IPI em carros, eletrodomésticos e material de contrução

O governo prorrogou por mais três meses a isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nos automóveis, com retorno gradual da taxação, depois desse prazo. Os caminhões ficam isentos do imposto até 31 de dezembro. Os eletrodomésticos da chamada linha branca (geladeiras, fogões e máquinas de lavar) ficarão livres do IPI até 31 de outubro.

No caso do material de construção, a prorrogação foi por seis meses. Também foi prorrogada a desoneração de PIS e Cofins do trigo, da farinha e do pão francês por mais 18 meses. Para máquinas e equipamentos destinados à indústria, o governo anunciou a redução de IPI em 70 itens.

O anúncio foi feito hoje (29), pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. Segundo ele, o Conselho Monetário Nacional decide amanhã (30) a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) dos atuais 6,25% para 6%. A TJLP é usada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) nos empréstimos para empresas.

Anunciada no início de dezembro do ano passado, a medida tem o objetivo de preservar empregos e ajustar gradualmente a promover as vendas no setor automotivo. Desde 12 de dezembro, carros de até mil cilindradas, que pagavam alíquota de 7% de IPI, estão isentos do tributo.

Acima disso, continuaram recolhendo o IPI, mas em bases menores. Para os carros de 1.001 a 2 mil cilindradas, a taxa caiu de 13% para 6,5% (a gasolina) e de 11% para 5,5% (a álcool e flex); de 2 mil cilindradas em diante ficaram mantidas as alíquotas de 25% (gasolina) e de 18% (álcool e flex).

No caso das picapes de até mil cilindradas, consideradas veículos leves, a queda foi de 8% para 1%, qualquer que seja o combustível.

Em abril o governo também reduziu por três meses a alíquota do IPI de geladeiras de 15% para 5%, de máquinas de lavar de 20% para 10%, do tanquinho de 10% para zero e do fogão de 5% para zero. Na mesma linha, o governo reduziu itens da construção civil.

Os estímulos à economia foram decididos diante da crise econômica mundial. Só no caso dos automóveis a renúncia fiscal estimada, segundo a Receita Federal, chega a R$ 1,08 bilhão até o final deste mês.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson morre aos 50 anos


(HOJE DIA 26/06/2009 ÁS 11HS DA MANHÃ A 87FM IRÁ APRESENTAR UM ESPECIAL COM GRANDES SUCESSOS DA CARREIRA DE MICHAEL JACKSON EM HOMENAGEM AO REI DO POP)

Uma parada cárdio-respiratória, no início da tarde de ontem, matou o rei do pop Michael Jackson, 50 anos, um dos maiores fenômenos da música em todos os tempos, com mais de 170 milhões de cópias vendidas durante sua trajetória marcada por polêmicas e fatos bizarros. Michael, que se preparava para um turnê na Inglaterra, em julho, passou mal. Acionados por familiares os paramédicos chegaram a residência dele, em Holmby Hills, por volta das 12h20 (horário local) e o encontraram desacordado, sem conseguir respirar.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Los Angeles times, Michael recebeu massagem cardiopulmonar ainda na ambulância e seguiu direto ao hospital da Universidade da Califórnia. Um site especializada em notícias de celebridades foi o primeiro a noticiar a morte do cantor, inicialmente negada pelo hospital.

Mas o óbito foi confirmado por volta das 18h30 (horário de Brasília). Mais tarde, uma irmão do cantor, Jermaine Jackson, contou que os paramédicos tentaram ressuscitar Michael durante uma hora, sem sucesso.

Tão logo as informações foram divulgadas, centenas de fãs se deslocaram até o hospital e montaram ‘acampamento” rezando pela recuperação do paciente. Segundo especulações de jornais dos Estados Unidos, a parada pode ter sido provocada por excesso de medicamentos .

A morte de Michael Jackson, pegou de surpresa representantes de várias gerações da música brasileira. “Michael é a continuação da ideia proposta pelo James Brown, foi um Frank Sinatra do soul. Ele levou a ideia de cantar bem, dançar bem, ser um showman - e sempre com maestria”, disse Ed Motta. Baterista d’Os Paralamas do Sucesso, João Barone analisou o fato de Michael morrer justamente no momento em que só se falava na megaturnê que marcaria o seu retorno, após anos de decadência e escândalos. “É curioso e arrebatador. Mas o fato é que Michael Jackson ficará para sempre no panteão dos ícones do pop mundial”.

Cantor tentava reabilitação da carreira vitoriosa

São Paulo - Michael Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958 em Gary (Indiana), era o sétimo de nove irmãos de uma famosa família de músicos americana. Ele tinha três filhos, Michael Joseph Jackson Jr, Paris Michael Katherine Jackson e Prince Michael Jackson II. O “Rei do Pop” morre em um momento que tentava reabilitar a sua carreira após vários anos de polêmica em que ele parou de se fazer shows ou de lançar novos discos. Mesmo antes de um processo criminal em que foi acusado de molestar uma criança, que no final foi absolvido em 2005, a carreira de Jackson estava um tanto suspensa.

Em maio, a companhia promotora de shows AEG Live anunciou que Michael faria uma série apresentações em sua arena em Londres. Em entrevista coletiva sobre as apresentações, o cantor chegou a sugerir que iria se aposentar. A demanda pelos ingressos foi imensa e a temporada de shows foi aumentada no final para 50 apresentações. Os concertos iriam se estender por vários meses, a partir de início de julho até meados de 2010.

O acordo de Michael com a AEG Live, de propriedade do bilionário americano Phil Anschutz, incluía uma ambiciosa opção para prorrogar a série de concertos, acrescentando datas em outras cidades da Europa, Ásia e América do Norte, ao longo de três anos. Estimava-se que a turnê renderia US$ 400 milhões ao cantor. Na preparação para as apresentações em Londres, Michael se submeteu a um extenso exame físico de cinco horas. O executivo-chefe da AEG Live, Randy Phillips, disse na ocasião que Michael tinha “passado (no exame) com sucesso total”.

Sinais de problema surgiram enquanto o cantor se preparava para o início dos shows. As primeiras quatro apresentações foram adiadas, aparentemente por causa da necessidade de Michael por mais tempo para fazer o figurino.

Trajetória marcada por polêmicas e fatos bizarros

Michael iniciou sua carreira meteórica no final da década de 1960 como integrante do conjunto “The Jackson 5”, do qual faziam parte também quatro de seus oito irmãos: Jackie, Tito, Jermaine e Marlon. O grupo foi montado pelo pai dos garotos, Joseph Walter, após perceber que seus filhos possuíam aptidão musical. O primeiro single lançado pelo The Jackson Five, “I Want You Back”, estourou e atingiu o topo da parada da Billboard em 1970. Outras músicas do conjunto, como “ABC”, “The Love You Save” e “I’ll Be There”, também conseguiram um grau elevado de popularidade.

O talento para a dança e a voz afinada deram destaque a Michael neste período. Em 1972, ele começou uma carreira solo paralela ao conjunto com os irmãos, na qual conseguiu emplacar sucessos como “Got to Be There”, mas foi apenas em 1979, com o álbum “Off the Wall”, que a carreira solo do cantor começaria a efetivamente decolar. O disco, que contou com a produção musical de Quincy Jones, tinha entre as músicas de maior sucesso “Don’t Stop ‘til you Get Enough”.

Em 1982, Michael lançou “Thriller” - um dos álbuns mais vendidos em todo o mundo até hoje e um dos mais influentes da história do pop. Misturando gêneros musicais diversos, “Thriller” ficou entre os 10 melhores discos da Billboard por 80 semanas consecutivas, sendo 37 delas no topo da parada. Michael investiu pesado na filmagem de videoclipes com efeitos especiais para promover o disco numa época em que a MTV ainda estava começando nos EUA. Dois anos depois do lançamento de “Thriller”, o cantor anunciou oficialmente o desligamento do The Jacksons - antigo The Jackson 5, que havia mudado de nome em 1975.

O terceiro trabalho solo de Michael, “Bad”, veio à tona em 1987. Amplamente aguardado pelos fãs, o disco foi um sucesso comercial, embora tenha vendido menos que “Thriller”. A turnê mundial do álbum começou em setembro de 1987 e foi encerrada em janeiro de 1989, quebrando recordes de público. O sucesso estrondoso do artista rendeu-lhe um prêmio de “Artista da Década” em 1989 e o título de “Rei do Pop”, cunhado pela atriz Elizabeth Taylor. Ela disse também que Michael era o “verdadeiro rei do pop, do rock e do soul”.

Em 1991, Michael Jackson assinou um contrato de US$ 65 milhões com a gravadora Sony - maior acordo do tipo já assinado até então. Seu oitavo álbum, “Dangerous”, foi lançado no mesmo ano e teve entre seus singles mais populares “Black or White”. A música foi a primeira na parada das 100 melhores da Billboard por sete semanas.

Durante sua carreira, Michael Jackson doou e levantou milhares de dólares para causas beneficentes por meio de sua fundação, a Heal the World Foundation. No entanto, outros aspectos de sua vida pessoal, incluindo mudanças na aparência e no comportamento, geraram muita controvérsia e prejudicaram sua imagem pública. Em 1993, Michael Jackson foi acusado de abuso sexual infantil, mas a investigação foi encerrada por falta de evidências.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

quinta-feira, 25 de junho de 2009

O PREFEITO GEORGE NEY FALOU DEMAIS E O POVO NÃO GOSTOU.


O prefeito de Nísia Floresta, George Ney, foi muiiiiito censurado pelos populares que lotaram a Câmara Municipal de São José de Mipibu, na última segunda-feira, durante a realização de uma Audiência Pública, para tratar da implantação do sistema ferroviário, beneficiando as cidades de Nísia Floresta e São José de Mipibu.

Durante o evento, estiveram presentes os deputados federais Rogério Marinho (PSDB) e Fátima Bezerra (PT), além dos deputados estaduais, Arlindo Dantas(PHS) e Fernando Mineiro(PT).

Quando todos os oradores abraçaram a causa mipibuense e parabenizaram a iniciativa do vereador Jean Nerino, o prefeito de Nísia Floresta, George Ney, além de ser deselegante com os palestrantes e políticos, feriu os sentimentos dos futuros usuários do trem urbano, quando no uso da sua fala, destratou a importância daquela Audiência.

Na saída da Câmara Municipal de São José de Mipibu, um popular mostrando-se irritado com a fala do prefeito George Ney, fez o seguinte comentário:

- É esse o homem que pretende se candidatar ao cargo de prefeito em São José de Mipibu, com o propósito de defender os nossos interesses? Me engana que eu gosto, finalizou.

" O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER"

FONTE - BLOG DALTRO EMERENCIANO

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Corveta que ajudava nas buscas chega ao Porto de Natal


Após passar 15 dias em alto mar, empenhada nas buscas por corpos e destroços do Airbus 447, da Airfrance, a Corveta “Jaceguai” chegou na manhã de ontem à Natal, de onde partirá para o Rio de Janeiro. A embarcação chega com 130 destroços do avião, coletados nos vários dias de operação no mar.

A imprensa não teve acesso aos destroços, que estavam catalogados e embalados para futura identificação em Recife, centro de apoio à operação do Vôo 447 no Brasil. Alguns dos destroços são de tamanho bastante reduzido.

O comandante da Corveta, Marcello Rodrigues Camarinha, explicou que com o passar dos dias o avistamento de destroços em alto mar tem ficado cada vez mais difícil. Os últimos vestígios foram encontrados no dia 21 de junho.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

terça-feira, 23 de junho de 2009

Usuários se apertam nos alternativos com a greve dos ônibus


As paradas de ônibus de Natal e Região Metropolitana já amanheceram lotadas hoje (23). Na avenida Maria Lacerda, em Nova Parnamirim, alguns passageiros chegaram aos pontos de ônibus antes das 6h e até as 7h nenhum ônibus havia passado. As 95 linhas que fazem o itinerário em Natal estão comprometidas por causa da greve dos rodoviários.

Os alternativos não dão conta de receber toda a demanda de passageiros. Os poucos que passam, já vêm totalmente cheios das paradas anteriores e alguns não chegam nem a parar por causa da lotação. A estudante Williane Silva chegou na parada da Passareda de Neópolis, em plena BR-101, às 05:40 da manhã para estar no Colégio das Neves antes de começar as aulas. Até este momento, entretanto, nenhum ônibus que faz a linha Alecrim passou pelo local e a estudante teme perder a prova.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

Com greve dos ônibus, usuários sofrem com atraso dos trens e alternativos lotados


O primeiro dia da greve dos motoristas de ônibus está prejudicando nao só os usuários do transporte coletivo. Com a redução da frota, aumentou a procura pelos alternativos e trens.

Por volta das seis horas da manhã de hoje (23), as vans já circulavam lotadas. Para complicar ainda mais, os trens sairam atrasados. O trem que deveria passar às 6h10 na estação do Nova Natal, ainda nem tinha chegado em Ceará-Mirim, cidade pertencente a Grande Natal, nesse horário.

"Os trens não vão poder levar todo esse povo. Não cabe essa gente toda. Alguém tem que ajudar os usuários dos coletivos. Os sindicatos fazem o que quer", reclamou Luciano Neves Duarte.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

segunda-feira, 22 de junho de 2009

América vence ABC, passa Vasco e entra no G4


Ao final do último Clássico Rei da história do Machadão, a festa foi vermelha. O América venceu o ABC pelo placar mínimo na noite deste sábado (20) e de quebra entrou no G4 da Série B ao final da 7ª rodada, passando o Vasco da Gama para assumir a quarta colocação. O herói do duelo de maior rivalidade no RN foi Sandro Hiroshi, que marcou o gol da vitória no segundo tempo.

No outro grupo, do lado de baixo da tabela, está a equipe abcedista. Mesmo tendo criado boas chances, o Alvinegro parou no goleiro Rodolpho, na trave e na 17ª posição, dentro da zona de rebaixamento.

Violência em campo

O que pode ter sido o último clássico entre América e ABC no estádio Machadão - que tem a demolição marcada para janeiro de 2010 - começou com um bom público. Os 15 mil ingressos colocados a venda antecipadamente já haviam sido esgotados ainda nas primeiras horas da noite deste sábado (20), dia do jogo, e a carga extra de mais cinco mil entradas era vendida incessantemente para torcedores dos dois times.

O equilíbrio das torcidas na arquibancada se refletia dentro de campo. A primeira chance de gol do América veio aos sete minutos, em cruzamento na área de Guaru defendido por Paulo Musse. Um minuto depois, a resposta, com o chute de longe de Fausto. As chances também não foram tantas. Os dois times pareciam excessivamente nervosos e se preocupavam mais com a marcação do que em fazer o gol.

Essa tensão em campo se tornou violência com Ivan, aos 19 minutos. O experiente atacante agiu como estreante e deu um chute, sem bola, em Ricardo Oliveira. O árbitro viu e não perdoou. Ivan foi recebeu o cartão vermelho direto e foi para o vestiário mais cedo. Aos 28, Luciano Amaral seguiu a onda. Realmente sendo o estreante do time alvirrubro, o lateral fez falta dura em Rodriguinho, em lance de contra ataque, e também viu o vermelho.

O restante do primeiro tempo seguiu no mesmo ritmo, porém, com menos violência. Pode-se dizer que o ABC arriscou mais com chutes de fora da área, mas com a segurança do goleiro Rodolpho, as jogadas não chegaram a ser de perigo.

Jogo aberto após o gol

O América veio fulminante para o segundo tempo. Aos cinco minutos, contra ataque rápido puxado por Lúcio e do artilheiro rubro para Sandro Hiroshi, que ganhou na velocidade da defesa e tocou certeiro para o fundo do gol, abrindo o placar e marcando o gol que fez o Machadão explodir do lado americano.

Apesar de ser o único gol do jogo, até o árbitro apitar o fim do clássico parecia, realmente, que a rede seria balançada mais vezes. Isso porque João Paulo, criou mas parou no paredão Rodolpho e no travessão. Aos 33 minutos, em cobrança de falta, o jovem atacante abcedista chutou colocado e a bola, que seria indefensável para o goleiro rubro, bateu caprichosamente na trave e saiu pela linha de fundo.

Antes dessa chance do ABC, porém, o jogo teve muito mais mudanças - inclusive, de jogadores. Atrás no placar, o técnico Arturzinho ousou e colocou o time para frente, tirando Gaúcho e colocando Rafael e promovendo a entrada de Gabriel no lugar de Erandir. Guilherme Macuglia, do América, não recuou. Podendo fazer apenas uma alteração tática - o treinador teve que trocar dois no primeiro tempo por contusão - o técnico rubro colocou Helinho no lugar de Guaru.

Com o apito final do árbitro, o América já pensa na terça-feira (23), quando enfrenta a Ponte Preta, também no Machadão, pela 8ª rodada da Série B. Do outro lado, o ABC terá mais tempo para recuperar a equipe, repleta de jogadores do departamento médico. O time alvinegro só volta a campo no sábado (27), quando enfrentará o Atlético/GO, em Goiás.

Ficha técnica

América (1): Rodolpho; Thoni, Edson Rocha, Marcelo Ramos (Plínio) e Luciano Amaral; Jackson, Ricardo Oliveira (Alexandre), Everton César e Guaru (Helinho); Lúcio e Sandro Hiroshi. Técnico: Guilherme Macuglia.

ABC (0): Paulo Musse; Chiquinho, Gaúcho (Rafael), Leonardo e Marco Aurélio; Fabiano Silva, Fausto, Erandir (Gabriel) e Rodriguinho (Ricardinho); João Paulo e Ivan. Técnico: Arthurzinho.

Estádio: Machadão
Data: sábado (20), às 21h
Amarelos: Alexandre e Edson Rocha
Vermelhos: Ivan (19 min/1T) e Luciano Amaral (28 min/1T)
Gols: Sandro Hiroshi (6 min/2T)
Renda: R$ 213.100,00
Público: 14.685 pagantes
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Americano se passa pela mãe para ganhar pensão e é preso

Durante seis anos, golpe 'rendeu' US$ 115 mil ao homem.
Ele pode ser condenado a 25 anos de prisão.


Um americano passou seis anos recebendo a pensão da mãe, que já havia morrido. Mas a “falsa velhinha” foi flagrada pelo circuito interno de TV de um banco. Golpe descoberto, homem preso.

Bengala em uma mão, bolsa na outra, de vestido, colar, óculos escuros, maquiagem, e peruca. Era assim que Thomas Prusik-Parkingou aparecia para receber a parcela da aposentadoria. Ele se passava pela própria mãe, Irene Prusik, que morreu em 2003.

Quando a mãe morreu, Thomas usou um documento de identificação da mãe com um número falso para conseguir o atestado de óbito, e ficou usando o documento verdadeiro. Para a previdência americana, Irene Prusik ainda estava viva.

Thomas era um “artista”. Com mãos trêmulas assinava o recibo, ao lado de um rapaz que se passava por um sobrinho.

Com o golpe, embolsou US$ 115 mil em seis anos.

Outro golpe

E não foi só isso. Assim que os investigadores descobriram a fraude viram que Thomas também usou uma casa no bairro do Brooklin, em Nova York, para enganar outras pessoas e ganhar mais dinheiro. Uma história de muita criatividade.

Em 1996, Irene Prusik doou a casa para o filho. Thomas, se passando pela mãe, pegou um empréstimo de US$ 200 mil e deu a casa como garantia. Mas não pagou as prestações. A casa foi a leilão e outra pessoa comprou.

Thomas se manifestou. Disse que a casa era dele, que tinha recebido como doação da mãe. Conseguiu o imóvel de volta, e ainda US$ 300 mil. Até que a polícia descobriu a mentira.

“Eu não acredito”, diz uma vizinha. “Eu conheço esse homem desde quando ele era criança”, conta.

US$ 1 milhão é o preço para responder o processo em liberdade e 25 anos é a pena máxima pelos crimes de furto, estelionato, falsidade ideológica, entre outros.
FONTE - TV GLOBO

terça-feira, 16 de junho de 2009

Servidores do INSS entram em greve hoje


Mil servidores da Previdência Social no Rio Grande do Norte entram em greve a partir das 9 horas de hoje, acompanhando a paralisação das atividades da categoria em todo o país, contra a decisão do governo de ampliar de seis para oito horas a jornada dos técnicos previdenciários, mesmo depois de o ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, ter decidido pela sua ilegalidade.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Saúde e Trabalho (Sindprevs-RN), Djalter Rodrigues, disse que o governo “está impondo uma jornada ininterrupta”, enquanto a categoria defende, que a jornada seja ampliada e dividida em dois turnos de quatro horas, com dois de intervalo para almoço, ao invés de uma hora de descanso.

Segundo ele, a categoria também se posiciona contra a imposição de reduzir em 25% os salários dos servidores que optarem pela jornada de 6 horas. Ele ainda disse que 30% do quacro de servidores fará o atendimento ao público, como manda a lei.

Além disso, Rodrigues diz que a greve é em defesa de melhores condições de trabalho e pela realização de concurso público, pois o governo decidiu ampliar a jornada de trabalho, porque sabe que em 2010 “estarão se aposentando 10 mil servidores da previdência social”.

Na sexta-feira, dia 12, o ministro Og Fernandes entendeu que a greve é abusiva e atendendo um pedido de liminar do governo, ainda estabeleceu multa de R$ 100 mil por dia sem atendimento ao público e em caso de descumprimento da decisão judicial.

O ministro Og Fernandes destacou que a proposta de paralisação está sendo levada adiante sem que tenha havido uma negociação prévia com o INSS e, por isso, a caracterizou como “precipitada”.

O INSS argumenta que a paralisação tem como objetivo a revogação da Resolução 65 do instituto, que possibilita ao servidor permanecer na jornada de 40 horas semanais ou optar pela jornada de trabalho de 30 horas semanais, com remuneração proporcional.

Mas, o INSS esclarece que a medida foi amplamente negociada com os servidores e incluída na MP 441, que reestruturou diversas carreiras do serviço público federal, entre elas, a do Seguro Social, da qual fazem parte os servidores do INSS. Em fevereiro de 2009, por unanimidade, a MP foi aprovada no Congresso Nacional e transformada na lei 11.907/09.

Reestruturação começou no ano de 2006

As negociações com os servidores para reestruturação da Carreira do Seguro Social começaram em 2006. Na ocasião foram definidos apenas reajustes salariais. A segunda etapa das negociações, desta vez prevendo a implantação de tabelas salariais diferenciadas, ocorreu em 2008. Foram definidos reajustes desde julho de 2008 até 2011, variando de 29,4% a 141,8% - o que corresponde a um aumento de até 597%, quando comparado a 2003.

Os aumentos salariais foram programados para julho de 2008, junho e novembro de 2009, junho e novembro de 2010 e julho de 2011. A remuneração inicial para os servidores de nível superior, que era de R$ 1.254,75, em 2003, será de R$ 6.440,25 em 2011, o que corresponde a um aumento de 513%. Para o nível médio, o salário inicial era de R$ 832,87, e será de R$ 4.192,89 em 2011, um aumento de 503% em relação a 2003. Já para o nível auxiliar, que está em extinção, o salário inicial terá um ganho de 330%, passando de R$ 620,00, em 2003, para R$ 2.051,20 em 2011. Além de reajustar o salário dos servidores do INSS, o acordo criou a opção da jornada de seis horas, possibilitando ao servidor optar pela redução da carga horária atual.

Categoria alega quebra de acordo

Os dirigentes do Sindprevs-RN afirmam que o governo descumpriu o acordo assinado com a categoria ao editar a MP 441, impondo a jornada de 40 horas, quando o termo de acordo assinado pela Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) apontava para discutir o Plano de Carreira e regulamentar a jornada de trabalho no INSS num Grupo de Trabalho que seria instalado a partir de agosto de 2008, no entanto o GT, nunca foi instalado e o governo, de forma autoritária tentou impor as 40 horas, na Medida Provisória, convertida na Lei 11.907/09.

Segundo os sindicalistas, desde o fim da greve em 2005, a Federação vem apresentando ao governo a pauta de reivindicação aprovada pelos servidores. Após ter firmado o acordo, o governo se comprometeu em fazer a discussão das reivindicações da categoria, como a exigência da manutenção e regulamentação da jornada de 30 horas sem redução salarial e a garantia de pagamento paritário da GDASS, sem vinculação a metas, além da contratação de trabalhadores pelo concurso público.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Primeiros destroços do Airbus A330 chegam a Natal

Pedaços dos Airbus A330, da Air France, que caiu no oceano Atlântico quando estava a caminho de Paris, na França, chegaram na manhã desta quinta-feira (11) em Natal.

A Assessoria de Comunicação da Aeronáutica não informou quais são esses pedaços, disse apenas que eles estão na Base Aérea de Natal (Bant) e serão enviados na manhã desta sexta-feira para Recife, onde serão identificados e catalogados.

O subchefe da Comunicação Social da Aeronáutica, coronel Jorge Amaral, disse à TRIBUNA DO NORTE que os pedaços do avião chegaram na corveta Grajaú e foram levados de lá para um hangar na Bant, onde foram acomodados. "São pedaços pequenos e devem ser levados em um avião Hércules para a cidade do Recife, onde estão concentrados os trabalhos".

O coronel Jorge Amaral está em Fernando de Noronha e, em contato telefônico com a TN, disse que as buscas continuam não só na ilha, como na capital pernambucana. "Não sei precisar o dia, mas esses pedaços que estão em Natal devem ir o quanto antes para Recife".

Vítimas

Ao todo foram encontrados 41 corpos das vítimas do acidente até agora. Na noite de ontem, os 16 primeiros chegaram em Recife, Pernambuco, para passarem pelo processo de identificação.

O brigadeiro Ramon Carodoso falou, em entrevista coletiva nesta manhã, das dificuldades climáticas na área do acidente, disse que mais corpos foram avistados pelas Forças Armadas francesas e que as equipes brasileiras tinham saído para novas buscas na manhã deste feriado de Corpus Christi. Outros 12 corpos resgatados pela Marinha já estão em Fernando de Noronha, onde passarão por perícia inicial antes de ser levados para o IML de Recife.

Sobre as bagagens, ele explicou que elas serão entregues à empresa proprietária do avião, a Air France.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Presos mostram como é fácil cavar túnel em Alcaçuz


A direção e os agentes penitenciários da Penitenciária Estadual de Alcaçuz evitaram duas fugas nos últimos dois dias. Em uma delas, os presos fizeram buracos interligando cinco celas vizinhas, e cavaram um túnel que já tinha seis metros de comprimento, na direção do muro. Na outra tentativa de fuga, uma grade foi serrada em outro pavilhão, o que permitiria que vários presos escapassem.

Porém, após um trabalho de investigação nas dependências da unidade prisional, as fugas foram abortadas. A primeira tentativa foi descoberta na manhã da última segunda-feira, no pavilhão 4.

A outra foi descoberta ontem de manhã, no pavilhão 3. Oito detentos foram autuados depois de assumirem a liderança nos movimentos.

Segundo o diretor do presídio, Ailson Dantas, o pessoal da administração já vinha desconfiando há algum tempo dos presos do pavilhão 4. Não era em vão. Após um trabalho de inteligência foi descoberta a verdadeira obra de engenharia que os detentos haviam empreendido. Vários buracos de diferentes tamanhos já estavam feitos e quilos de areia escondidos nos banheiros das celas.

“Eles começaram jogando a areia nos vasos sanitários e dando descarga. Com o aumento do volume, passaram a esconder nos banheiros”, disse o diretor. Por pouco, o túnel cavado a partir da cela 6 não alcançou o muro do presídio. Mas o que impressionou os agentes foi a interligação feita pelos detentos, permitindo que presos de outras celas tivessem acesso ao túnel.

O primeiro buraco foi feito na parede da cela 2, para a 3. Depois, um outro foi feito da cela 3 para a 4, e assim por diante. Com isso, 41 detentos poderiam fugir, caso a fuga tivesse êxito. “Faltou pouco para que eles conseguissem. Felizmente nós descobrimos antes e impedimos mais uma tentativa de fuga”, disse Ailson Dantas.

Os presos responsabilizados pelo túnel foram autuados na delegacia de Nísia Floresta. E enquanto os agentes cuidavam ainda dos problemas causados pela deterioração no pavilhão 4, precisaram cuidar da fuga planejada para o pavilhão 3, desbaratada ontem.

No pavilhão 3, os presos serraram as grades da cela conhecida como “gaiola”, usada para aqueles que estão em período de observação. Lá estavam 50 presos e o plano era escapar e correr em direção ao muro. Sobre ele os detentos jogariam cordas feitas com lençóis. E desta forma, ganhariam a liberdade. Uma vez os agentes descobriram a ação e a fuga foi abortada.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

domingo, 7 de junho de 2009

Uma justa e devida homenagem à poetisa


Por Renato Lisboa
Diário de Natal

Um morador da cidade de Nísia Floresta iniciou uma campanha para homenagear a filha mais ilustre do município. O historiador e pesquisador Luís Carlos Freire está mobilizando instituições para que a escritora Nísia Floresta ganhe um selo comemorativo dos Correios, em 2010, quando se comemoram seus 200 anos de nascimento. "É uma grande oportunidade de termos divulgada a imagem dessa brasileira importantíssima para a história do país", fala o pesquisador.

Quem quiser colaborar com a campanha pode acessar o site dos Correios e defender o selo para homenagear a escritora. A votação, que se encerra no dia primeiro de junho, é feita após o preenchimento de um cadastro, no link http://www.correios.com.br/selos/selos_postais/vota_selo/default.cfm.Os critérios da escolha seguem uma portaria do Ministério das Comunicações.

"O selo, embora minúsculo, é de uma representatividade monumental e vai revitalizar a memória da intelectual, despertando principalmente nos jovens a vontade de conhecer um dos mais belos legados da história do Rio Grande do Norte", afirma Luis Carlos Freire. Ele diz perceber a "continuição da discriminação" contra a qual Nísia lutou. "Em sua terra natal, são raras as instituições que enalteceram sua história e obra", critica.

De acordo com Cleudivan Jânio de Araújo, agente dos Correios em Natal e participante da sessão de filatelia, serão escolhidos "entre quinze e vinte motivos" para serem homenageados, que pode vir de setores como artes, cultura popular, datas comemorativas, arquitetura, esportes, fauna, flora, literatura brasileira, personalidades, preservação do meio ambiente, turismo e outros. O resultado sai no segundo semestre de 2010 próximo ao Dia do Selo, comemorado em 1 de agosto.

Os critérios adotados para a escolha são originalidade, exploração de inovações estéticas e filatélicas, utilização de inovações técnicas, como recurso tecnológico avançado de impressão de selo (a exemplo das emissões com aroma ou com a aplicação de efeitos holográficos), aceitação do mercado e ineditismo nos contextos nacional e internacional. Os Correios vão publicar um edital para cada emissão, como forma de divulgar o lançamento dos selos postais comemorativos e especiais.

Fonte: Diário de Natal

DEPUTADOS JOÃO MAIA E ROBINSON FARIA PARTICIPARAM DE AUDIÊNCIA PÚBLICA EM NÍSIA FLORESTA/RN.

Os deputados João Maia e Robinson Faria pariciparam de uma Audiência Pública promovida pela Câmara de vereadores do município de Nisia Floresta/RN.

O assunto em pauta era a construção de uma estrada "PADRÃO DNIT", ligando as cidades de São José de Mipibu e Nisia Floesta, com construção de ciclovia e corredor para caminhadas.

O assunto foi amplamente debatido com técnicos do DNIT e DER, onde ficou definido que, tão logo sejam executadas as obras, o trecho passará a receber manutenção e fiscalização do Governo Federal.

FOTOS - DALTRO EMERENCIANO





FONTE - BLOG DALTRO EMERENCIANO

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Nome de mossoroense é confirmado pela Air France

A Air France divulgou a lista oficial com os nomes de 53 dos 58 passageiros que estavam a bordo do voo 447 que saiu do Rio de Janeiro na noite de domingo (31) rumo a Paris e desapareceu sobre o Oceano Atlântico. O petroleiro mossoroense Solu Wellington Vieira de Sá, 40 anos, foi confirmado entre as vítimas do desastre.

Solu Wellington trabalhava na empresa Grant's, que presta serviço à Petrobras em poços que a estatal brasileira mantém no Egito. Depois das férias de 20 dias em que veio passar com a família, que mora no município de Baraúna, ele estava voltando ao trabalho. O irmão e a esposa de Solu Wellington estão no Rio de Janeiro para acompanhar as informações sobre as buscas de perto.

Segundo o comunicado da Air France, alguns ocupantes da aeronave não tiveram os nomes incluídos na lista a pedido de parentes.

Os nomes dos passageiros estrangeiros também não foram divulgados em respeito à legislação francesa, que restringe a publicação de listas de passageiros em caso de acidente aéreo.

De acordo com a companhia, o voo 447 tinha 216 passageiros, de 32 nacionalidades diferentes, e 12 tripulantes. Entre os passageiros, 58 eram brasileiros e 1 tripulante, Lucas Gagliano.

Adriana Henriques, 27, turismóloga. Embarcou sozinha e iria se encontrar com os tios em Paris

Adriana Francisco Van Siujs, 40, jornalista, trabalhava na área de comunicação corporativa da Petrobras

Ana Carolina Rodrigues da Silva, 28, socióloga, pesquisadora da ONG Viva Rio,mestre em Rádios Comunitárias pela PUC e doutora em Juventude pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), na Universidade Cândido Mendes, antes de vir para o Viva Rio, Ana Carolina trabalhou como assistente de pesquisa do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes (CESeC)

Ana Luisa Curty

Angela Cristina de Oliveira Silva

Antônio Augusto de Almeida Gueiros, 46, diretor de informática da Michelin Brasil

Bianca Machado Cotta, recém-formada em medicina, viajava em lua-de-mel com o marido Carlos Eduardo Macário de Melo. Ela é de uma família de juristas de Niterói, neta do desembargador Eneas Cotta, e sobrinha da desembargadora Renata Cotta

Bruno Pelajo

Carlos Mateus

Carlos Eduardo Macário de Melo, advogado, viajava em lua-de-mel com a mulher, Bianca Machado Cotta

Deise Possamai, 34, fiscal de tributos da Prefeitura de Criciúma, em Santa Catarina

Eduardo Moreno

Ferdinand Porcaro, 79, oftalmologista aposentado

Francisco Vale, viajou ao lado do filho, da mulher e da nora

Gustavo Mattos

Izabela Maria Furtado Kestler, professora de alemão do Departamento de Letras Anglo-Germânicas da Faculdade de Letras, da UFRJ. Izabela possui mestrado e doutorado em Neuere Deutsche Literaturgeschichte, sendo atualmente membro do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Linguística Aplicada e Professor Associado 1 da UFRJ. Ela atua principalmente no ensino de literatura alemã. Seguia para Leipzing, na Alemanha, onde participaria do 81º Congresso Anual da Sociedade Goethe-Weimar

Jean Claude Lozouet, francês que viajou separado da mulher brasileira

João Marques da Silva Filho, 67, engenheiro mecânico, trabalhava no Estaleiro Atlântico Sul, em Ipojuca (PE). Faria escala em Paris, de onde seguiria para a Ásia, onde ia negociar equipamentos para plataformas de petróleo. Casado, tinha cinco filhos

José Souza

José Gregório Marques, juiz aposentado, completaria 72 anos na segunda-feira (1º)

José Roberto Gomes da Silva, 50, professor de administração da PUC-RJ

Júlia Chaves de Miranda Schmidt, 27, advogada mineira

Juliana Ferreira Braga de Aquino, 29, cantora, formada em música pela Universidade de Brasília (UnB), morava na Alemanha, para onde voltava depois de passar férias no Brasil desde 11 de maio

Leonardo Veloso Dardengo, 31, oceanógrafo e doutorando da Coppe/UFRJ. Participou de vários programas e projetos de pesquisa da universidade

Leonardo Pereira Leite

Leticia Chem, 36, gerente de roaming internacional da operadora Oi, filha de Roberto e Vera Chem, viajava para a Grécia com os pais

Luciana Seba, psicóloga, viajou ao lado do marido e dos sogros

Luis Claudio Monlevad, 48, gerente de qualidade da empresa Saint-Gobain Canalização

Luiz Roberto Anastacio, 50, presidente da Michelin (multinacional francesa do ramo de pneus) para a América do Sul. Casado e com dois filhos, graduou-se em engenharia mecânica com pós-graduação na área de administração de empresas. Participava dos principais Grupos Executivos da Michelin, o GOS - Grupo de Orientações Estratégicas e o CEG - Conselho Executivo do Grupo (estendido)

Marcela Pellizzon, geóloga, funcionária da petrolífera norueguesa StatoilHydro

Marcelo Parente Gomes de Oliveira, 38, chefe de gabinete da Prefeitura do Rio de Janeiro. Advogado e professor de direito da PUC e amigo pessoal do prefeito Eduardo Paes. Fazia uma viagem particular com sua mulher. Não tinha filhos

Marcia Moscon de Faria, 49, psicóloga, funcionária da Vara da Infância, Juventude e Idoso do TJ do Rio

Marco Mendonça, diretor de manganês e ligas da Vale, era funcionário de carreira da mineradora e estava indo a Paris para receber um prêmio

Maria Vale

Maria Teresa Marques, 69, advogada, mulher do juiz José Gregório Marques

Mateus Antunes, 3, filho de Octavio e Patricia, também no voo

Nelson Marinho Filho, 40, Nelson engenheiro especializado em mecânica de engrenagem

Octávio Augusto Ceva Antunes, professor do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Viajou acompanhado do filho de três anos, Mateus, e da mulher, Patricia Nazareth Antunes

Patricia Nazareth Antunes, química da Anvisa que viajava com o marido, Octavio, e com o filho Mateus, de 3 anos

Paulo Vale, empresário, viajou ao lado da mulher, Luciana Sebá, e dos pais

Pedro Luiz De Orleans e Braganca, 26, descendente de dom Pedro 2º, herdeiro da família real brasileira, quarto na linha sucessória do trono da família Orleans e Bragança, filho do príncipe dom Antônio

Roberto Corrêa Chem, 65, diretor do Banco de Peles e do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Porto Alegre. Considerado referência em micro-cirurgia na América Latina, foi o criador do único Banco de Peles do Brasil. Viajava com a mulher, Vera, e a filha, Letícia, para a Grécia

Silvio Barbato, ex-diretor musical da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e da orquestra do Teatro Nacional Claudio Santoro, de Brasília. Foi condecorado com a Medalha do Mérito Cultural da Presidência da República e com a Ordem do Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores

Simone Elias, 41, psicológa, funcionária da Vara da Infância, Juventude e Idoso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Solu Wellington Vieira de Sá

Sonia Ferreira

Sonia Maria Cordeiro Porcaro, 67, mulher de Ferdinand Porcaro. Ia visitar filha na Noruega

Tadeu Moraes, 65, fiscal de renda aposentado

Valnizia Betzler, 44, casada com um alemão, morava em Munique

Vanderleia Carraro

Vera Chem, 63, psicóloga, viajava para a Grécia com o marido, Roberto Chem

Veronica Ivanovitch

Walter Carrilho Junior

Passageiros de 32 nacionalidades diferentes estavam a bordo, sendo 61 franceses e 26 alemães. Os nomes dos demais ocupantes da aeronave não foram divulgados.

FONTE - www.tribunadonorte.com.br

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Navio Grajaú chega hoje ao suposto local da queda do Airbus


Está prevista para as 9h de hoje a chegada do Navio-Patrulha “Grajaú”, subordinado ao 3º Distrito Naval ao ponto onde foram encontrados os possíveis destroços da aeronave da Air France. O local fica a 1.000 km da capital potiguar e a 100 km dos arquipélagos São Pedro e São Paulo.

De acordo com o capitão-tenente Henrique Afonso de Lima, o navio conta com 30 tripulantes, sendo um deles médico. O principal objetivo do navio é o resgate de possíveis sobreviventes.

As outras duas embarcações, de Salvador e Maceió, que participam da missão de resgate, devem chegar logo depois do Navio-Patrulha “Grajaú”.

Na Base Área de Natal (Bant), a manhã de ontem foi movimentada. Aeronaves francesa e americana chegaram a Natal para ajudar na busca pelos destroços do avião da Air France, que desapareceu no último dia primeiro de junho. A previsão é de que essas aeronaves partissem para Fernando de Noronha por volta das 3h de hoje.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Bant Natal, a aeronave P3 Orion, da Marinha Americana vai ajudar na patrulha e identificação de salvamento. Cerca de 21 tripulantes americanos estavam no equipamento, que veio de El Salvador e pousou em Natal por volta das 11h de ontem.

O equipamento Falcon 50, da Marinha Francesa, pousou em Natal por volta das 10h30. Informações extra oficiais dão conta de que sete tripulantes franceses estavam na aeronave. A Falcon 50 possui um censor capaz de identificar destroços de aviões.

Um helicóptero Blackhawk, da Força Aérea Brasileira está de prontidão na Bant. Ele só levantará vôo para Fernando de Noronha no caso de resgate de vítimas ou destroços.

Mas até a manhã de ontem a única informação confirmada pelo Comando da Aeronáutica foi de que a aeronave R-99 6751 que decolou de Fernando de Noronha-PE às 22h35 (horário de Brasília), para realização de varreduras com utilização do radar de abertura sintética, identificou por volta de 01h00 da terça-feira materiais metálicos e não metálicos flutuando no oceano.

Por volta das 06h49 (horário de Brasília), aeronaves C-130 avistaram uma poltrona de avião, pequenos pedaços brancos, uma bóia laranja, um tambor, além de vestígios de óleo e querosene.

Depois dessas informações, houve replanejamento da busca, que concentra-se, a aproximadamente 650 quilômetros a nordeste de Fernando de Noronha-PE. Ainda de acordo com o Comando da Aeronáutica informa dez aeronaves estão disponíveis nas ações de busca e resgate do avião da Air France.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

segunda-feira, 1 de junho de 2009

A eleita: Natal comemora e planeja criação de comitê


Cerca de três mil pessoas foram a Praia de Ponta Negra, neste domingo, na expectativa de que Natal fosse confirmada como uma das 12 subsedes da Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. E quem compareceu não se decepcionou. As 15h33 o mistério se dissipou. O presidente da FIFA, órgão gestor da Copa do Mundo, Joseph Blatter, anunciou o nome da capital potiguar como uma das sedes do Mundial. O suficiente para as pessoas que estavam na praia vibrassem em uma mistura de alegria e bairrismo, por ter desbancado várias capitais brasileiras.

“Finalmente vamos poder ver os grandes jogadores de futebol no nosso Estado. Agora é comemorar e torcer para que tudo seja feito da forma mais correta possível”, disse Antônio Firmino, uma das milhares das pessoas que estavam na praia a espero do anúncio oficial. Já outros viam com desconfiança a escolha de Natal como subsede do Mundial. “Lógico que uma Copa do Mundo vai trazer benefícios para a cidade, mas acho que temos problemas mais urgentes, como saúde e educação para serem resolvidos. Espero que os governantes deixem os egos de lado e consigam melhorar a cidade”, pedia Amanda Lopes, moradora de Ponta Negra.

Para a Prefeita de Natal, Micarla de Sousa, finalmente o sonho se tornou realidade. “Logo quando revelamos que Natal iria se candidatar para ser uma das sedes, muita gente se mostrou pessimista. Agora, provamos que estávamos certos. Acho que o maior legado que essa escolha pode deixar é o resgate da auto estima do natalense. Mas, agora é pensar no futuro. Dia 10 de junho vai acontecer a primeira reunião entre os prefeitos das cidades escolhidas e a Confederação Brasileira de Futebol, para começarmos a trabalhar nas obras. Depois dessa reunião, irei formar o Comitê Gestor da Copa e pensar no que podemos adiantar”, afirmou Micarla de Sousa.

Antes de se deslocar até o local oficial da festa feita para ao anúncio da FIFA, a governadora Wilma de Faria reuniu deputados, alguns secretários e outros convidados para assistirem pela TV a transmissão direta das Bahamas.

A governadora Wilma de Faria disse que recebeu com muita emoção o anúncio que Natal foi escolhida como uma das sedes da Copa. “ Enfrentamos com ousadia e determinação essa escolha e devemos agradecer não só aos nossos parceiros da iniciativa privada como também aos investidores que acreditaram que Natal é uma cidade estratégica”. A governadora disse ainda que a beleza da cidade foi um dos fatores que determinaram a escolha. “Todos estão de parabéns”, elogiou.

Os principais problemas que o Governo Estadual e o Municipal vão ter que resolver, dizem respeito ao saneamento básico e sistema viário da Capital. O metrô de superfície e o convencional devem voltar a pauta dos Poderes Públicos. O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante é visto pelo Senador José Agripino como de vital importância para o sucesso de Natal como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. “Toda classe política tem que se unir para conseguirmos o maior números de investidores para Natal. Assim como o Rio de Janeiro conseguiu para realizar o Pan-americano, temos que fazer isso acontecer aqui. E o Aeroporto de São Gonçalo é de suma importância para que Natal cresça ainda mais”, afirmou.

O deputado Henrique Alves salientou que com a escolha será construída uma nova capital, “Estou muito feliz. Com o anúncio de Natal sede da Copa teremos a construção de uma Nova Natal”. Henrique Alves destacou que o projeto apresentado tem excelente logística e estrutura. “A escolha com certeza vai melhorar o Turismo, Economia e Segurança de Natal além de proporcionar um maior número de empregos. Vai ser uma nova realidade para todos”.

Para a Secretária de Esportes Magnólia Figueiredo a escolha de Natal não foi surpresa. Ex-atleta, a secretária disse que da mesma forma como acontece um treinamento que se pratica para vencer uma competição tinha certeza da vitória. “Com os critérios que tivemos para concorrer tinha certeza que não ficaríamos de fora”, salientou.

Ao encontro também compareceram o vice-governador Iberê Ferreira, os deputados Robison Faria, Márcia Maia, Fária Faria, João Maia além dos secretários de governo Leonardo Arruda e Cláudio Porpino.

Um dos idealizadores da candidatura de Natal, o deputado Fábio Faria, fez questão de ressaltar o crescimento quase que imediato que vai acontecer na capital potiguar. “O que Natal iria crescer em anos, até décadas, vai se desenvolver em apenas cinco anos. Essa Copa do Mundo será um divisor de águas para nossa cidade. Natal agora, passou de espectador para protagonista no cenário mundial”, finalizou Fábio Faria.
FONTE - www.tribunadonorte.com.br

Rádio ao Vivo Clique no PLAY